segunda-feira, 27 de abril de 2009

Interpretação de texto II

DIÁRIO ESCONDIDO DE SERAFINA

Querido esconderijo,
Eu ainda não contei nada sobre as aulas, a escola, a professora nova, chamada Catarina (que faz aniversário no dia do professor, eu perguntei), os colegas...
Quanto a eles, os colegas, só chegou um novo, de outra escola. É outro Chiquinho, que já teve caxumba, pois eu não agüentei e perguntei. Por que fiz isso? Ora, porque me lembrei daquele Chiquinho, que também estudava na minha classe, que teve caxumba, ficou uma semana sem aparecer e só então me fez descobrir o quanto eu gostava dele!
Pois é. Parece que os Franciscos estão sempre atravessando o meu caminho. Mas esse Chiquinho novo é muito mais gato que o antigo! Sabe o que mais me impressionou nele? O olhar! Que olhos, diário! Que olhos!
Com aqueles cílios longos e tão viradinhos! Ah, e o sorriso, então? Que sorriso, que dentes branquinhos ele tem! Não tem nenhum dente remontado no outro!
Será que eu vou ficar gostando desse Chiquinho também esconderijo? Será?
Bom, agora é melhor voltar para casa, porque já faz muito tempo que estou aqui, escondida, com o diário no colo e o Chiquinho novo na cabeça. Tchau.


PENSANDO SOBRE O TEXTO

1- Observe a saudação inicial do texto e releia o trecho abaixo:

“Será que eu vou ficar gostando desse Chiquinho também esconderijo? Será?”


a) A Serafina se refere algumas vezes ao “esconderijo”. Explique como seria para você esse esconderijo?

b) Qual a relação entre o esconderijo e o diário? O que um tem haver com o outro? Explique:

2- Em que época do ano escolar Serafina anotou isso em seu diário? Explique sua resposta:

3- Aprendemos que um diário como qualquer tipo de texto precisa de uma organização da escrita em seqüência. E que essa organização pode ser cronológica, pode ser por importância de assunto ou aleatório.

a) Como foi organizado o diário de Serafina? Explique:

4- Retire do texto um trecho que comprove o uso da primeira pessoa (eu) no registro.

5- Sabemos que o uso da pontuação é muito importante em qualquer tipo de texto, e que ela pode ser muito expressiva.

a) Em que momento do texto a autora conseguiu passar para você, uma emoção a mais? Observe a pontuação!

b) Justifique a sua escolha:

6- A forma como Serafina se expressa em seu diário revela que sentimentos? Marque com um X as respostas corretas:

( ) Raiva ( ) alegria ( ) amor ( ) fé

( ) confiança ( ) impaciência ( ) curiosidade

7- Releia a frase:
“Parece que os Franciscos estão sempre atravessando o meu caminho.”


a) Explique com suas palavras o que Serafina quis dizer com essa frase.

8- Durante a nossa vida utilizamos em diversos momentos a linguagem formal e a linguagem informal, observando sempre a ocasião e o objetivo que pretendemos.

a) Nesse texto que você leu que tipo de linguagem foi usada e por quê?

9- Nas frases abaixo pinte de acordo com a legenda:

Vermelho – para os verbos.
Azul – para os substantivos.
Amarelo – para os adjetivos.

a) “...pois eu não agüentei e perguntei.”

b) “Ora, porque me lembrei daquele Chiquinho...”

c) “Com aqueles cílios longos e tão viradinhos!”


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário